segunda-feira, 24 de maio de 2010

Eric Frattini, autor de "O Labirinto de Água", de visita a Portugal

O Labirinto de Água foi lançado há pouco tempo pela Porto Editora e já recebeu por nós, portugueses, bastantes boas críticas.

«E se Judas traiu Jesus a seu pedido?
E se Pedro não estivesse destinado a ser chefe da Igreja?
E se a Igreja que Jesus Cristo queria criar não tivesse um papa?
Quando a jovem arqueóloga Afdera Brooks acode ao leito de morte da sua avó, uma excêntrica milionária, coleccionadora de obras de arte, recebe como legado as pistas para chegar a uma caixa de segurança de um banco americano onde está guardado um antiquíssimo manuscrito.
Afdera empreende uma viagem por meio mundo para desentranhar o conteúdo desse misterioso documento que culminará em Veneza, o labirinto de água.
A partir do Vaticano, o maléfico cardeal Lienart fará o impossível para que a verdade que se esconde no maltratado pergaminho nunca conheça a luz do dia.» 


Pessoalmente, esta sinopse desperta uma curiosidade tremenda!
Vamos ter, pois, a oportunidade de conhecer em pessoa o seu autor.

Amanhã, dia 25 de Maio, às 19h00, na Livraria Bulhosa de Oeiras, vamos poder ouvir Frattini apresentar este seu romance, numa apresentação a cargo do escritor Luís Miguel Rocha.
Pode ser que Frattini dê uns autógrafos no fim da sessão, pelo que nada como aproveitar ;)

Embora seja também professor universitário e escritor, Eric Frattini correu o mundo como jornalista. Viveu na Polinésia, no Paraguai, no Líbano, no Chipre e em Israel. Foi correspondente no Médio Oriente dos reputados Canal Plus e Cadena Ser, foi director e guionista de documentários de investigação para as principais cadeias de televisão espanholas, como a TVE, a Tele 5, a Antena 3. Actualmente, está no canal Cuatro e na Rádio Nacional de Espanha.
É autor de mais de vinte livros, publicados em quinze países, e entre os quais se destacam: Osama Bin Laden, La Espada de Ala (2001); Mafia S.S. 100 Años de Cosa Nostra (2002); A Santa Aliança, Cinco Séculos de Espionagem no Vaticano

Uma das grandes interrogações que resultam da leitura de O Labirinto de Água, livro que explora as fragilidades e as políticas mais obscuras da Igreja Católica, tem a ver com uma possível manipulação, por parte da própria Igreja, da visão que temos do Cristianismo.
Publicada há um mês, a obra incide num dos temas mais polémicos da história da Igreja: a descoberta do Evangelho de Judas.

Para mais informações, vá ao site oficial do autor, aqui.

3 comentários:

Iceman disse...

E o meu amigo vai?

Pedro disse...

Estou a pensar seriamente.

Acabo as aulas às 18h30, e como não estou longe do Oeiras chegaria lá em cima da hora.

Ainda assim, não sei se conseguirei. É nestas alturas que praguejo por não ter carta de condução.

anaaaatchim! disse...

bem... tenho andado meio longe do meio dos livros, e por isso ainda não conhecia este, mas fiquei com a curiosidade verdadeiramente aguçada!!! Estou a pensar seriamente em comprar =)

Quem também lê