segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Pontuação de obras



Eu próprio já tinha começado a reconsiderar esta opção, no entanto só quando fui confrontado com visitantes (mais recentemente pelo Iceman) é que decidi levar a sério: pontuar os livros quantitativamente.

Grande parte dos blogues literários já tratou de adoptar uma escala. Eu sempre me mostrei relutante quanto a esta pontuação, e digo porquê: para mim, classificar um livro de 1 a 10, 1 a 20 ou 1 a 5 limita demasiado a apreciação de um livro, mais do que desenvolvendo a opinião. Acaba por ser injusto para a obra porque há coisas boas e coisas más, de repente pode merecer um 10/10 mas se pensarmos melhor merece um 7/10, exemplificando. Dar um valor a um livro é, para mim, estabelecer demasiados limites.
Além disso, esse valor nem sempre corresponderá à real qualidade da obra em causa, e se tentarmos adaptar acaba por se desviar um pouco da nossa apreciação pessoal. E, quem sabe, por vezes dar um valor baixo a um livro que até pode ser bom faz com que o leitor hesite demasiado... A partir de certa altura essa classificação será o essencial numa opinião, e receio sempre que certos aspectos deixem de ser atendidos, até que os leitores deixem de reparar em livros que, se calhar, até gostariam!

Contudo, a verdade é que com uma escala qualquer um situa facilmente uma obra. Qualquer um se sente muito mais à vontade ao ler uma classificação. E é algo que todos os leitores teimam em adoptar, e quando confrontado com esta hipótese não posso deixar de atender ao pedido.

Por isso, decidi começar a pontuar os livros da seguinte maneira:

6 - Obra Prima
5 - Muito Bom/Excelente
4 - Muito Bom/Bom
3 - Razoável
2 - Insuficiente/Mau
1 - Penoso
0 - Não terminado / Horrível


Poderão variar os valores qualitativos, consoante a obra...
Pessoalmente, sinto que esta escala encaixa na perfeição, tendo em conta que serão utilizadas também metades (números decimais)... Ou não =P Nem me parece muito grande nem demasiado pequena, e parece-me bastante sólida. Oriento-me bem.

E quanto a vocês? O que acham desta escala? Agradeço todas as opiniões e debates!



EDIT: Pois bem,  como poderão reparar, esta mensagem deixa de estar actualizada. Passei a utilizar o sistema de 5 estrelas, e posso quase garantir que manter-se-á assim durante muito tempo...

43 comentários:

Iceman disse...

Eu vou mudar o ponto 2´, classifico apenas como Mau. E a nota 4, colocarei apenas de Bom.

Excelente é praticamente a mesma coisa de Muito Bom e a difernça entre eles, quanto a mim, não justifica ir de 4 a 5, até porque a nota mais alta será o 5, a nota 6 só mesmo a titulo de excepção.

WhiteLady3 disse...

Eu tenho escala de 1 a 5, sendo 1 o pior (acho que 0 é muito negativo) e 5 o melhor. Não gosto de metades, números decimais, apesar de já ter tido vontade de dar pontuações de 3.5, por exemplo.

Sinto-me confortável com a escala que uso e acho que isso é o mais importante para quem avalia. ;)

Pedro disse...

Quanto ao "Bom", "Muito Bom", "Mau" ou outros que tais, na altura apenas um termo será escolhido. Quem sabe, talvez nem sejam estas as palavras que irei utilizar! Quando diferencio o 4 é pensando que "Bom" corresponde a 4 absolutamente e "Muito Bom" poderá resultar no 4,5... Até poderei considerar que um livro de 5 é "Muito Bom", estou a seguir a regra do livro!
Os números serão estes e não creio que possam ser alterados. Quanto à classificação qualitativa, será certamente alvo de contradições.

De facto, só mesmo o 6 é imutável... É o nível que apenas os preferidos dos preferidos alcançarão!

Pedro disse...

White Lady, acho que nunca chegarei ao 0, pura e simplesmente porque não costumo deixar livros a meio! Se isso acontecer em breve... Será mesmo muito mau!

Na realidade, acho que neste caso será quase impossível escapar a um ou outro caso em que recorra a números decimais. Não me incomoda. Como já disse, meio ponto poderá diferenciar um Bom de um Muito Bom...

Pessoalmente, e como disse, acho que encaixarei nesta escala!

Otário disse...

sim , a avaliação, quanto boa, poderá cativar o leitor...
mas eu não sou muito fã dessa tecnica.

Clara disse...

Hum... não agregava o "não terminado" com "horrível", porque não se termina a leitura por diversas razoes.
Mas sou da opinão que classificar os livros é uma tarefa muito ingrata!

Beijinhos

Marcelina Gama disse...

Acho uma boa ideia.

Já pensei várias vezes em fazer o mesmo. Mas ainda não encontrei nenhuma "aplicação" que desse para meter umas estrelinhas ou assim. Quando encontrar farei o mesmo. Quanto a escala opto por algo mais simples, de 1 a 5 talvez.

Bruno disse...

Eu concordo com a escala que adoptaste. Sei que estás a seguir a tendência (quase obrigatória) que os blogues literários adoptam para classificar os livros. Na minha modesta opinião, temos que ter em conta que o livro que tu classificas por nota 5, para mim pode ser 3. Isto é uma questão que suscita sempre críticas e revoltas por parte dos estimados visitantes. Digo isto, porque já me aconteceu e senti uma revolta enorme de ter comprado um livro que detestei e nem sequer acabei de o ler. Opiniões são opiniões. Posso concordar como posso discordar. Faz parte!!

Migalhas disse...

Sinceramente, as escalas classificativas nunca me agradaram por aí além.
As opiniões são relativas demais para se conjugarem com as limitações de uma escala. Mas isto sou eu... e eu tenho a mania de ser do contra :P

Nocturna disse...

Bora nessa Pedro,
Concordo com a tua liberdade de colocar a classificação que entenderes aos livros.Vai ser, por certo, mais um motivo de conversa entre os visitadores do teu «Cantinho».
Não vamos estar todos de acordo e isso pode provocar uma discussão muito estimulante,sabendo nós que , (salvo naqueles casos em que o livro é mesmo mau e não há nada a fazer) uma classificação parte do nosso gosto pessoal e das nossas vivências. Nós próprios dentro de alguns anos, ao reler alguns desses livros poderemos dar-lhes uma classificação diferente da que damos hoje.
Um abraço nocturno

PS. A tua opinião acerca de «A Invenção» estimulou-me e vou lê-lo já de seguida. Depois direi algo.

Canochinha disse...

Concordo plenamente. Principalmente, porque não vejo estas escalas como uma coisa final, mas sim meramente indicativa. Mostra a quem nos lê o que achamos de determinada obra, cabendo a cada um de nós determinar se essa opinião é válida, tendo em conta a semelhança de gostos. Ainda bem que decidiste adoptar uma escala porque por muito que goste de ler as tuas críticas, às vezes tenho dificuldade em saber se gostaste realmente ;)

Daniel Silva (Sair das Palavras) disse...

Oix ;)

Acho que adoptaste (bem) a escala quantitativa, mas sugeria alguns "reparos" (em maiúsculas)

6 - Obra Prima OBRA PRIMA
5 - Muito Bom/Excelente EXCELENTE
4 - Muito Bom/Bom BOM
3 - Razoável RAZOÁVEL / SOFRÍVEL
2 - Insuficiente/Mau INSUFICIENTE
1 - Penoso MAU
0 - Não terminado / Horrível NÃO PONTUAVEL

HUGS'N'SMILES ;)

Francisco Norega disse...

Eu acho engraçadas as escalas, ainda que o mais importante seja mesmo a opinião.
No entanto, acho as escalas de 0 a 10 muito relativas e as de 1 a 5 muito pequenas. Acho que encontraste uma escala ideal :)

Apenas quero fazer um comentário: não caias no erro de começar a dar notas decimais. A certa altura, acabarás por sentir-te obrigado (porque tal livro é melhor que o outro) a dar 4,75 ou mesmo 3,9 e etc, e isso ficará muito confuso. Usa simplesmente as notas de 0 a 6 e, se tivermos dúvidas, tiramo-las pela critica.

Apenas uma sugestão ;)

Borboleta disse...

Hmm, não concordo muito com a ideia de classificar os livros. No entanto, também acho a tua escala "bastante sólida". Espero que a uses da melhor forma ;) beijinho*

Iceman disse...

É grande a diversidade de opinião em relação a escalas classificativas.

Nunca efectuei classificações no meu blog, porém no passado, noutros locias, já o fiz e sou da mesma opinião da Canochinha. Estas escalas são apenas indicativas, não têm como objectivo classificar de uma forma pura e dura um livro.

Lembrei-me em classificar, ao contrário do que alguém aqui disse, não por ser algo que quase todos os blog fazem. Achei boa ideia porque constato que grande parte do pessoal do Forum "Estante de Livros" aprecia os mesmos géneros, logo, classificar um livro pode ser uma mais valia para as outras pessoas.

E digo mais, lanço o desafio para conseguirmos criar uma Norma, uma Tabela Una que sirva para todos.

Gosto de 0 a 6.

Cristina Bernardes disse...

Passei para avisar que tem um prémio no meu blogue...

flicka disse...

Acho boa ideia classificares os livros que leste e acho que está bom assim. Como já deves ter reparado, uso a escala de 1 a 5.
E já agora, tens uma surpresa à tua espera no meu blog! =)

Laura disse...

Ola prazer! vc não que as escalas classificativas influencia muito o leitor?!

Beijos!

Calamity Jane disse...

Apoio a opinião de que as escalas são apenas indicativas, não tendo um objectivo de classificação pura e dura. Além disso, quem é que compra um livro baseando-se apenas e únicamente numa média pessoal?...eu não.

Quando á escala, devo dizer que faria algumas alterações.
De 0a 6 tudo bem, mas por exemplo no 0, pergunto se a única razão pela qual não terminas um livro é porque é horrível.
Depois o ponto 4 - "Muito bom/bom" e 5 - "Muito bom / excelente" não me faz muito sentido. Colocaria antes, 3 - "Bom" e 4 - "Excelente", porque suspeito que confundiria menos as coisas.

Não custumo fazer críticas, no meu blog (restringindo-me apenas a noticias do mundo literário) mas esta seria a maneira que utilizaria esta escala, se tal fosse necessário.

Canochinha disse...

Iceman, concordo com a uniformização da escala até certo ponto. Primeiro, já tenho uma e acho que agora não faz sentido alterar. Depois, a escala deve estar, acima de tudo, de acordo com o que o seu utilizador pretende. Pessoalmente, uma escala de 0 a 6 não serve os meus propósitos...

Amizade disse...

Passámos para avisar que tem um prémio no nosso blogue.
Parabéns!...

Alice disse...

Olá Pedro, bom dia!
Tenho uma coisinha para ti no meu blog... Beijo

Calamity Jane disse...

Olá, boa tarde!
Para avisar, que também eu tenho uma surpresa para ti no meu blog :)

slayra disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
slayra disse...

Deixei de classificar os livros que leio, porque o gosto é algo subjectivo e um livro de que eu não gostei pode ter sido uma leitura óptima para outra pessoa... e pronto, depois há discussão.

Também não quero influenciar nenhum (eventual) leitor das minhas críticas em relação a uma determinada obra. O___O

Marcelina Gama disse...

Olá,

Tens uma surpresa no Muito para Ler. Passa por lá!

Belisa disse...

Olá :)

Acho que está excelente!
E para ti dou-te nota 5, está bem assim? :)
Muitos beijos estrelados

Butterfly disse...

Pedro, tens um prémio no meu blog !

Bjinhos

Carla disse...

acho que é uma escala abrangente, embora eu reconheço ter alguma dificuldade em classificar assim os livros...até porque depoende imenso do meu estado de espírito. Mas dentro das limitações sensitivas dos númerso esta parece-me bem
beijos

Paula disse...

Passei para avisar que tens um prémio no meu blogue.

:)

anaaaatchim! disse...

Eu acho que a pontuação depende demais de quem lê, e quando lê... pode ser muito redutiva...

Mas a adoptar, acho que devias eliminar o 0 (zero). Para mim zero é a obre que não foi escrita... se alguém se deu ao trabalho de escrever, e outro alguém de publicar, foi porque lhe reconheceu algum mérito, e no mínimo estarão ali imensas horas de trabalho e dedicação, que a meu ver nunca deverão ser catalogadas com um zero...

Pedro disse...

Otário,
também nunca o fui. Mas quem me lê pede, e sinceramente não vejo mal em não satisfazer esse desejo.

Clara,
pois, tens razão... Como já disseram mais adiante, acho que vou tirar o 0, nunca chegarei aí. Um 1 já é o demasiado mau.
E é como dizes, é uma tarefa ingrata... E agradecia que continuassem todos a ler-me sem dar especial atenção à nova classificação, que acaba apenas por ser um complemento.

Marcelina Gama,
sabes, há por aí muita gente que põe estrelas, pergunta-lhes ;) Não escolho de 1 a 5 porque acho que o 6 dá um ar de "obra-prima", mesmo para aqueles preferidos... ;)
E muito obrigado pelo prémio =)

Bruno,
claro, nunca estas classificações, (ou quaisquer opiniões) serão objectivas e abrangentes. Não é algo que possa prejudicar o leitor, porque de facto estes blogues literário se tudo o mais relacionado seria um desperdício se todos tivéssemos a mesma opinião. Bom bom é podermos trocar opiniões negativas ou positivas =) Mas compreendo de facto que muitos dos livros que aconselho vivamente não sejam o esperado para alguns. Acho que isso ajuda cada um a compreender o seu tipo de livro! =D "Opiniões são opiniões", dizes bem ;) A escala está-se a tornar, de facto, uma mais valia nestes blogues!
(já agora, posso saber qual foi o livro? *assobio*)

Migalhas,
tenho de confessar, embora considere muito mais fácil para o leitor situar a obra, sinceramente nunca quis seguir essa tendência, limitam demasiado um livro! No entanto, tenho de reconhecer que será uma mais valia para as críticas. E não te preocupes, também era do contra =P

Nocturna,
é uma escala que decidi colocar e que, embora não seja a mais utilizada, é das que mais aprecio.
Quanto a discussões, é para isso que escrevo aqui! ;D
Espero pela tua opinião sobre o livro da Invenção de Hugo Cabret! Eu achei encantador!

Canochinha,
a escala acabará por ser um complemento, espero. E apenas lendo a opinião se sabe se é um livro adaptado ao nosso género!
E, como bem dizes, é muito mais fácil para todos perceberem até que ponto se gostou duma obra... Espero que este ano dê muitos 6! =D

Daniel Silva,
Provavelmente até vou tirar o 0... E, tirando este valor, vou ter mesmo de manter o "Penoso" no 1! No entanto, o 5 e o 4 ainda estão para ser bem decididos... Acho que só mesmo quando ler o livro poderei classificá-lo quantitativamente!

Francisco Norega,
as escalas até nos dão uma melhor ideia do quão bom é o livro...
Esta é a escala que mais aprecio. Tal como dizes, 1 a 10 é grande e 1 a 5 pequeno. E acho o 6 um número tão bonito na escala LOL
Quanto às notas decimais, estou a falar de 4,5; 5,5. Não estou a falar de 3,9 ou 2,8; isso nem sou capaz! =P Acredito que haverá um ou outro livro que me pedirá essas metades, e são elas que ditam o "Muito Bom", ou o "Excelente", por exemplo.
(embora, agora que penso, duvido que dê um 5,5 quando posso dar um 6 LOL).

Borboleta,
decidi adoptar esta escala e não vou voltar atrás! Espero usá-la da melhor maneira, obrigado ;)

Iceman,
estas escalas são tão subjectivas que cada um gosta mais de uma do que de outra!
Espero que nenhum livro fique ofendido com qualquer valor *rolleyes*
Lembrei-me em classificar porque desde o meu blogue antigo que alguns me sugeriam, embora nunca tivesse levado avante a ideia. Iceman, foste tu com a tua sugestão que me fizeste inserir esta escala neste novo blogue, e desta vez vou aceitar.
Quanto à Norma, vai ser um desafio mais difícil... Talvez isso seja algo que deva começar no próprio Fórum! Podíamos sugerir a todos no fórum para começar a usar uma certa escala... Na blogosfera, temo que seja mais difícil.

Cristina Bernardes,
tenciono reclamar esses prémios ainda hoje =P Muito obrigado!

Flicka,
esperemos que seja uma boa escala no futuro! E, tal como já disse, não escolhi até 5 porque para mim o 6 faz toda a diferença lol
Obrigado pela surpresa! (achei querida a maneira como disseste xD).

Laura,
em primeiro lugar, bem-vinda! =D
Vão sim influenciar o leitor. Não duvido disso. Temo até que chegue a ser o mais importante na opinião, embora ainda confie no contrário. Mas não será também uma maneira de esclarecer mais o leitor quanto à apreciação? Qualquer opinião, com escala ou não, influencia o leitor ;)

Calamity Jane,
nem eu =P Se for para comprar o livro, é sempre lendo a opinião completa. Volto a dizer que para saberem se um livro vos agrada ou não têm de saber do que se trata!
Quanto ao 0, vou mesmo tirá-lo da escala. Primeiro, porque como dizes deixá-lo por acabar não obriga que seja horrível, e sinceramente nunca chegarei ao ponto de deixar um livro pelo meio (espero...). "Penoso" já é suficientemente mau.
Quanto às palavras, não se preocupem porque eu posso decidir que um livro é "5-Muito Bom" ou "5-Excelente", até posso escolher outra palavra qualquer! Quanto ao 3-Bom, é a única coisa que acho que seria alongar demasiado a escala quantitativa.
Talvez um dia decidas lançar uma opinião ;) E de certeza que vais gostar de usar essa escala então.
Ah, e muito obrigado pelo prémio! =)

Canochinha,
acho sinceramente que essa Escala Una seria algo a ter em conta no fórum, onde a comunidade é um pouco mais restrita do que na blogosfera... Seria uma boa ideia dentro do fórum, porque fora dele torna-se demasiado limitador!

Amizade,
Obrigado... Vou tentar reclamá-lo ainda hoje!

Slayra,
Espero não vir a deixar a escala para trás, queria que este fosse um projecto para o futuro... Até agora, não tenho utilizado pelas razões que referes, mas acho que não perco nada em experimentar.
De qualquer maneira, acho que o simples facto de escreveres uma opinião influencia o leitor!

Belisa,
=) Sinto-me honrado! Obrigado!

Butterfly,
muito obrigado pelo prémio!

Carla,
tudo depende sempre da nossa subjectividade, é quase que impossível escapar a isso! =P Para mim, esta escala é ideal.

Paula,
obrigado pelo prémio! =D

Anaaaatchim,
é sempre muito redutiva, é verdade -_-
Quanto ao zero, está decidido que será eliminado. Nenhum livro merece tão pouco... E o 1 será com certeza a nota mais pessoal de todas.

Um grande abraço

Miar à chuva disse...

Só para te dizer que tens uma pequenina prenda no meu blog. Espero que gostes.
Bjinhos
Sandra
http://vidasdesfolhadas.blogspot.com/

Butterfly disse...

Pedro, tens mais um prémio no meu Blog ! ;)

Bjinhos

Ferncarvalho disse...

Classifico os livros que leio de 1* a 5*, sendo o 5* o melhor. Mas já me aconteceu no ano passado TER de dar um 6*! Aconteceu.

Projecto /Lê/ disse...

Somos alunos do 12º Ano da Escola Secundária de Serpa.

A Área de Projecto é uma disciplina não curricular, que tem como objectivo desenvolver a nossa capacidade trabalho, autonomia e organização, logo tivemos que escolher um tema pertinente.
Assim escolhemos falar sobre importância da leitura, tendo o projecto como título “/Lê/ : A Importância da Leitura”. O mesmo tem como objectivo incentivar a comunidade à prática da leitura.

No âmbito do projecto, decidimos criar um blog no qual, semanalmente, apresentamos uma biografia de um escritor português ou estrangeiro e a sinopse de um livro, assim como damos conhecimento aos nossos visitantes do que acontece ao longo do projecto.

Assim, convidamo-vos a visitar o nosso blog. Vamos colocar um link para o vosso.

Obrigado e Boas Leituras!

Pedro disse...

Projecto /Lê/,

excelente iniciativa! Passarei por lá! ;)

Pedro disse...

Escala final:

6 - Obra Prima
5 - Muito Bom/Excelente
4 - Bom
3 - Razoável
2 - Insuficiente/Mau
1 - Penoso

Atenção, repito que a escala quantitativa será alvo de muita mudança... Um livro de 5/6 tanto poderá ser Muito Bom como Excelente...

Vieira Calado disse...

Penso que é de aceitar.
Mas no fundo, números ou dizeres (se elaborarmos uma correspondência - cada um de nós o faz...) vem a dar ao mesmo.
Um abraço

Paula disse...

Pedro, posso "plagiar" a tua escala final de classificação das leituras??

:)

PallasAthena disse...

Olá, acho a ideia muito boa, eu própria tenho pensado seriamente em adoptar um sistema de pontuação mas não sei bem como o hei de fazer, pois deparo-me com o mesmo problema em dar pontos aos livros, porque um livro a que posso dar uma pontuação baixa, pode ser um dos preferidos de algum leitor.

Boas leituras :)

Ana C. Nunes disse...

Eu sempre achei que o sistema de "5 estrelas" escasseava. Parece que não há meios termos e isso enervava-me. Por isso adoptei o sistema de "1 a 10", que ao menos me deixa respirar. Mas o teu também me parece equilibrado.

Pedro disse...

Bem, devo dizer que mudei isto tudo, e a partir de agora ficam as estrelas!

De 1 a 5... Mas com possibilidade de meia estrela ;)

Quem também lê